A neutralidade da lei 12.973/2014 na tributação do lucro: uma análise da alíquota tributária efetiva (ETR) em companhias brasileiras

André de Magalhães Bravo, Otávio Finessi Júnior, Alexandre Gonzales

Resumo


A introdução das normas internacionais de contabilidade no Brasil se fez com o compromisso, expresso em lei, de neutralidade tributária. O presente estudo teve por objetivo observar se tal compromisso se efetivou na prática, mediante a comparação da alíquota tributária efetiva (effective tax rate – ETR) dos tributos incidentes sobre o lucro nos períodos de 2010 a 2014, no qual vigorou o Regime Tributário de Transição – RTT, e de 2015 a 2019, já na vigência das regras tributárias atuais, instituídas pela Lei nº 12.973, de 13 de maio de 2014. O trabalho teve como base os dados das sociedades anônimas de capital aberto disponível no sítio da Comissão de Valores Mobiliários, agrupados por setores de atividade econômica. Na análise estatística, foi utilizado o software SPSS e aplicados os testes de Kolmogorov-Smirnov e de Wilcoxon. O resultado indicou que não houve alteração estatisticamente significativa nas alíquotas tributárias efetivas para as empresas dos setores de comércio, indústria, serviços e exploração de imóveis. Todavia, no setor financeiro observou-se uma redução estatisticamente significativa das alíquotas tributárias efetivas, mesmo tendo havido no período analisado aumento das alíquotas nominais dos tributos incidentes sobre os lucros das companhias desse setor, o que indica a necessidade de aprofundamento da pesquisa visando identificar a causa desse resultado discrepante.


Texto completo:

PDF

Referências


BASTOS, D. D.; NAKAMURA, W. T. Determinantes da estrutura de capital das companhias abertas no Brasil, México e Chile no período 2001-2006. Revista de Contabilidade & Finanças - USP, São Paulo, v. 20, n. 50, p. 75-94, maio/ago. 2009.

BRASIL. Decreto-Lei nº 1.598, de 26 de dezembro de 1977. Disponível em: . Acesso em: 07 dez. 2020.

BRASIL. Decreto nº 3.000, de 26 de março de 1999. Disponível em: . Acesso em: 07 dez. 2020.

BRASIL. Decreto nº 9.580, de 22 de novembro de 2018. Disponível em: . Acesso em: 07 dez. 2020.

BRASIL. Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976. Disponível em: . Acesso em: 07 dez. 2020.

BRASIL. Lei nº 11.638, de 28 de dezembro de 2007. Disponível em: . Acesso em: 07 dez. 2020.

BRASIL. Lei nº 11.941, de 27 de maio de 2009. Disponível em: . Acesso em: 07 dez. 2020.

BRASIL. Lei nº 12.973, de 13 de maio de 2014. Disponível em: . Acesso em: 07 dez. 2020.

CABEDA, Diogo. A taxa tributária efetiva e a neutralidade fiscal nas empresas de capital aberto no Brasil: um estudo a partir da adoção das normas internacionais de contabilidade e da Lei no 12.973/2014. Dissertação (Mestrado em Controladoria e Contabilidade) – Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2020.

CABELLO, O. G. Análise dos efeitos das práticas de tributação do lucro na Effective Tax Rate (ETR) das companhias abertas brasileiras: uma abordagem da teoria das escolhas contábeis. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo. São Paulo, 2012.

CALLIHAN, D. S. Corporate Effective Tax Rate: A Synthesis of Literature. Journal of Accounting Literature. Vol. 13, 1994, p. 1-43.

CARVALHO, Valdemir Galvão et al. Limitações da effective tax rate na mensuração do desempenho das companhias brasileiras. RIC – Revista de Informação Contábil. Recife, vol. 11, núm. 1, janeiro-março, 2017, p. 56-75. 2017.

COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS. Portal Dados Abertos CVM, 2020. Cias Abertas: Informação Cadastral. Disponível em: < Cias Abertas: Informação Cadastral - Conjuntos de dados - Portal Dados Abertos CVM>. Acesso em: 29 ago. 2020.

COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS. Portal Dados Abertos CVM, 2020. Cias Abertas: Documentos: Formulário de Informações Trimestrais. Disponível em: < Cias Abertas: Documentos: Formulário de Informações Trimestrais (ITR) - Conjuntos de dados - Portal Dados Abertos CVM>. Acesso em: 29 ago. 2020.

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS. Pronunciamento Técnico CPC 32, de 17 de julho de 2009. Disponível em: < Pronunciamento (cpc.org.br)>. Acesso em: 25 ago. 2020.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 3 ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.

FÁVERO, Luiz Paulo; BELFIORE, Patrícia. Manual de Análise de Dados. 1 ed. Rio de Janeiro: LTC, 2020.

FERNANDES, Edison Carlos. Nascimento, vida e morte do Regime Tributário de Transição – RTT. In: MOSQUERA, Roberto Quiroga; LOPES, Alexsandro Broedel. Controvérsias Jurídico-contábeis: aproximações e distanciamentos. 3º vol. São Paulo: Dialética, 2012.

FERNANDEZ-RODRÍGUES, Elena; GARCÍA-FERNÁNDEZ, Roberto; MARTÍNEZ-ARIAS, Antonio. Business and Institutional Determinants of Effective Tax Rate in Emerging Economies. Economic Modelling, Elsevier Journals, v. 94, jan. 2021, p. 692-702.

FUTEMA, Mariano Seikitsi; BASSO, Leonardo Fernando Cruz; KAYO, Eduardo Kazuo. Estrutura de capital, dividendos e juros sobre o capital próprio: testes no Brasil. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 20, n. jan/abr. 2009, p. 44-62, 2009.

GOMES, Antônio Paulo Machado. Características da governança corporativa como estímulo à gestão fiscal. Revista Contabilidade e Finanças – USP, São Paulo, vol. 27, num. 71, maio-agosto, 2016, pp. 149-168. 2016.

GUIMARÃES, Guilherme Otávio Monteiro; MACEDO, Marcelo Álvaro da Silva; CRUZ, Cláudia Ferreira da. Análise da alíquota efetiva de tributos sobre o lucro no Brasil< um estudo com foco na RTRt e na ETRc. Enfoque: Reflexão Contábil. Maringá, vol. 35, núm. 1, janeiro-abril, 2016, p. 1-16. 2016.

GUPTA, Sanjay, NEWBERRY, Kaye. Determinants of the variability in corporate effective tax rates: evidence from longitudinal study. Journal of Accounting and Public Policy. [S.l.], p. 1-34, 1997.

HARTMANN, Carla Furtado; MARTINEZ, Antonio Lopo. Agressividade fiscal e as empresas de auditoria Big4. REUNIR: Revista de Administração, Ciências Contábeis e Sustentabilidade. [S.I], vol. 10, n. 3, 2020, p. 37-46. 2020.

HENDRIKSEN, Eldon S.; BREDA Michael F. V. Teoria da Contabilidade. São Paulo: Atlas, 2010.

JANSSEN, Boudewijn. (2000). Effective tax rate (ETR) measures: alternatives and their validity. MARC Working Papers, 2000.

LOPES, Tatiana. Custos Políticos Tributários: O Impacto de Tamanho na Alíquota Tributária Efetiva. Doutorado em Ciências Contábeis. Universidade de São Paulo. São Paulo, 2012.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Metodologia Científica. 7 ed. São Paulo: Atlas, 2017.

MARTINEZ, Antônio Lopo; MOTTA, Fábio Pereira. Tax agressiveness of government-controlled corporations in Brazil. Revista Contemporânea de Contabilidade. Florianópolis, vol. 17, núm. 43, abril-junho, 2020, p. 136-148. 2020.

MARTINEZ, Antônio Lopo; RAMALHO, G. C. Family Firms and Tax Aggressiveness in Brazil. International Business Research, v. 7, n. 3, p. 129-136, 2014.

MARTINS, Gilberto de Andrade; DOMINGUES, Osmar. Estatística Geral e Aplicada. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2017.

MOREIRA, Caritsa Scartati; SILVA, Maurício Corrêa. O efeito da governança tributária sobre o custo de capital das empresas brasileiras. Revista Científica Hermes. [N.I], vol. 23, 2019, p. 3-27. 2019.

OLIVEIRA JÚNIOR, Elton Gomes de; MOREIRA, Caritsa Scartaty; SOUZA, Jocykleber Meirelles de. Cash effective tax rate (CashETR) para determinação da relação entre o lucro e gerenciamento tributário: análise das empresas de energia elétrica da B3. Revista de Administração da Faculdade Estácio do Pará. Belém, vol. 7, núm. 13, junho, 2020, pp. 124-137. 2020.

PLESKO, George A. An Evaluation of alternative measure of corporate tax rates. Journal of

Accounting and Economics, v. 35, p. 201-226, 2003.

POHLMANN, Marcelo Coleto; IUDÍCIBUS, Sérgio. Relação entre Tributação do Lucro e a Estrutura de Capital das Grandes Empresas no Brasil. Revista Contabilidade & Finanças - USP, v. 21, n. 53, p. 1-25, 2010.

POHLMANN, Marcelo Coleto; IUDÍCIBUS, Sérgio. Tributação e Política Tributária Uma Abordagem Multidisciplinar. 1 ed. São Paulo: Atlas, 2006.

RECEITA FEDERAL DO BRASIL. Instrução Normativa RFB nº 1.700, de 14 de março de 2017. Disponível em:< IN RFB Nº 1700 - 2017 (fazenda.gov.br)>. Acesso em: 15 set. 2020.

RICHARDSON, Grant; LANIS, Roman. Determinants of the variability in corporate effective tax rate and tax reform: Evidence from Australia. Journal of Accounting and Public Policy. Vol. 26. Issue 6. November-December 2007. pp. 689-704. 2007.

RODRIGUES, Dinamar Vidallas; GALDI, Fernando Caio. Taxa de imposto efetiva nas empresas brasileiras: uma comparação entre empresas abertas e fechadas. Revista Contemporânea de Contabilidade. Florianópolis, vol. 17, núm. 42, janeiro-março, 2020, pp. 57-69. 2020.

SANTOS, Mateus Alexandre Costa dos. Contabilidade Tributária Um enfoque nos IFRS e na Legislação do IRPJ. São Paulo: Atlas, 2015.

SANTOS, Mateus Alexandre Costa dos; CAVALCANTE, Paulo Roberto Nóbrega; RODRIGUES, Raimundo Nonato. Tamanho da firma e outros determinantes da tributação efetiva sobre o lucro no brasil. Advances in Scientific and Applied Accounting – ASAA, v. 6, n. 2, p. 179-210, 2013.

SILVA, Cláudia Lúcia Pimentel Martins da; SANTOS, Mateus Alexandre Costa dos; KOGA, Gilson Hiroyuki; BARBOSA, Ricardo Antônio Carvalho. Tributação e IFRS no Brasil: Alterações na Legislação do IRPJ, CSLL, PIS/PASEP e da COFINS, Trazida pela Lei Nº 12.973/2014. Revista da Receita Federal. v. 1. n. 1. Ago/Dez 2014. p. 393-422. 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.26853/Refas_ISSN-2359-182X_v07n06_04

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Refas - Revista Fatec Zona Sul

Licença Creative Commons CC BY-NC-ND.