Análise das dificuldades da logística do transporte aéreo na importação de testes para o diagnóstico da Covid-19

Autores

  • Givan Aparecido Fortuoso da Silva Universidade Federal do ABC - UFABC Faculdade de Tecnologia de Barueri - Fatec Barueri
  • Gustavo Valério da Silva Oliveira Faculdade de Tecnologia de Barueri.
  • Letícia Soares de Miranda Magalhães Faculdade de Tecnologia de Barueri.

Resumo

Com a pandemia da COVID-19, vivida pelo Brasil a partir de março de 2020, a importação de testes rápidos para o diagnóstico da doença torna-se necessária para auxiliar no combate ao vírus. O objetivo deste estudo é constatar se as dificuldades na logística aérea impactam na importação de testes para o diagnóstico da COVID-19. Como objetivos específicos, buscou-se: abordar o panorama da pandemia do COVID-19; apontar o modal aéreo e suas vantagens, identificar as dificuldades na logística do transporte aéreo para a importação de testes para o diagnóstico da COVID-19, e apresentar medidas para reduzir as dificuldades na logística de importação. O instrumento de coleta de dados foi o roteiro de entrevistas direcionadas a quatro agentes envolvidos na aquisição de testes, uma empresa prestadora de serviços de comércio exterior; uma rede de farmácias que comercializa os testes; uma instituição pública envolvida na testagem de testes, e um laboratório multinacional, com sede em Barueri. A pesquisa exploratória fez uso do método qualitativo, e a análise dos dados foi realizada através do método de análise de conteúdo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Givan Aparecido Fortuoso da Silva, Universidade Federal do ABC - UFABC Faculdade de Tecnologia de Barueri - Fatec Barueri

Doutorando em Economia Política Mundial na Universidade Federal do ABC - UFABC. Possui Mestrado em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2001). Atualmente é professor da Faculdade de Tecnologia de Barueri (CEETEPS - Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza), já tendo lecionado em cursos de graduação e pós-graduação em instituições como Mackenzie, PUC-SP, UNINOVE, FIT, Faculdades Senai, entre outras. Atua, também, como consultor pela Associação Brasileira de Consultoria e Assessoria em Comércio Exterior. A área de Negócios Internacionais é a sua área de interesse de ensino e pesquisa, tendo como temas principais: política comercial externa, empreendedorismo internacional, internacionalização de empresas brasileiras, políticas públicas voltadas para o desenvolvimento da atividade de comércio exterior.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IMPORTADORES E DISTRIBUIDORES DE PRODUTOS PARA SAÚDE. Custos logísticos crescem de duas a três vezes com pandemia e carga demora cerca de 20 dias para chegar ao destino. Disponível em https://abraidi.com.br/Noticias/DetalheNoticia?idNoticia=508 Acesso em: jun.2020.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BARROS. A. 28,6 milhões de pessoas fizeram algum teste para a Covid-19 até novembro. Agência IBGE Notícias. Disponível em https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/29771-28-6-milhoes-de-pessoas-fizeram-algum-teste-para-a-Covid-19-ate-novembro#:~:text=O%20n%C3%BAmero%20de%20pessoas%20que,3%2C1%25%20da%20popula%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: nov.2020

BRASIL. Agência Nacional de Aviação Civil. Decisão n° 71, de 14 de abril de 2020. Aprova diretrizes para permitir em caráter excepcional o transporte de carga nos compartimentos de passageiros durante a pandemia de COVID-19 e dá outras providências. Disponível em https://www.anac.gov.br/assuntos/legislacao/legislacao-1/decisoes/2020/decisao-no-71-14-04-2020/@@display-file/arquivo_norma/DA2020-0071%20-%20Retificado.pdf Acesso em: jun.2020c.

BRASIL. Força Aérea Brasileira. Plano de retomada de Operações COVID-19. Disponível em https://www2.fab.mil.br/cgna/index.php/acontece-no-cgna/256-plano-de-operacoes-retomada-Covid-19 Acesso em: jun.2020b.

BRASIL. Ministério da Saúde. Acurácia dos testes diagnósticos registrados na ANVISA para a COVID-19. Disponível em https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/June/02/AcuraciaDiagnostico-COVID19-atualizacaoC.pdf Acesso em: nov.2020a.

BRASIL. Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico Especial - Doença pelo Coronavírus COVID-19: Semana Epidemiológica 53 (27/12/2020 a 2/1/2021). Disponível em https://www.gov.br/saude/pt-br/media/pdf/2021/janeiro/07/boletim_epidemiologico_covid_44.pdf Acesso em: jan.2021.

CALABREZI. S. R. S. A multimodalidade para o transporte de cargas: Identificação de problemas em terminais visando àintegração dos modais aéreo e rodoviário. 154p. Dissertação de Mestrado - Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo - Universidade Estadual de Campinas, 2005.

CARDOSO, F., ARANHA, G., CANO, R. F., CASTILHO, V. Testes para detecção do SARS COV 2: um alerta para o déficit da balança comercial. Disponível em https://senaicetiqt.com/wp-content/uploads/2020/05/NT-Testes-para-detec%C3%A7%C3%A3o-do-SARS-COV-2-um-alerta-para-o-d%C3%A9ficit-da-balan%C3%A7a-comercial.pdf Acesso em: nov.2020.

CARVALHO, M. G. de. Construindo o saber: técnicas de metodologia cientifica; Fundamentos e técnicas. 19ed. Campinas: Papiro, 2008.

CAVALCANTE, J. R., CARDOSO-DOS-SANTOS, A. C., BREMM, J. M., LOBO, A. P., MACÁRIO, E. M., OLIVEIRA, W. K., FRANÇA, G. V. COVID-19 no Brasil: evolução da epidemia até a semana epidemiológica 20 de 2020. Revista Epidemiologia e Serviços de Saúde. Disponível em https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2237-96222020000400306 Acesso em: nov.2020.

COSTA, J. P.; DIAS, J. M.; GODINHO, P. Logística 1ª ed. Coimbra: Impressa da Universidade de Coimbra, 2010.

DAQUINO, F. Triple-E: a anatomia do maior navio cargueiro do mundo. Tecnmundo. Disponível em https://www.tecmundo.com.br/navio/39303-triple-e-a-anatomia-do-maior-navio-cargueiro-do-mundo-infografico-.htm#:~:text=Ela%20possui%20400%20metros%20de,uma%20s%C3%B3%20vez%2C%20por%20exemplo. Acesso em: nov.2020.

DE NEGRI, F., ZUCOLOTO G. , MIRANDA, P., KOELLER, P. Ciência e Tecnologia frente àpandemia. Como a pesquisa científica e a inovação estão ajudando a combater o novo coronavírus no Brasil e no mundo. Disponível em https://www.ipea.gov.br/cts/pt/central-de-conteudo/artigos/artigos/182-corona Acesso em: jun.2020.

DUARTE, R. Entrevistas em pesquisas qualitativas. Curitiba: Editora UFPR n. 24, p. 213-225, 2004.

FERREIRA V. Entrevistas focalizadas de grupo: Roteiro da sua utilização numa pesquisa sobre o trabalho nos escritórios. Artigo Actas dos ateliers do V° Congresso Português de Sociologia - Faculdade de Economia da Universidade Coimbra, 2004.

FLICK, U. Introdução a metodologia de pesquisa: Guia para iniciantes 1ed. Porto Alegre: Penso, 2013.

GRANEMANN, S. R.; GARTNER I. R. Modelo multicriterial para escolha modal: sub-modal de transporte. Disponível em https://www.academia.edu/25818312/Modelo_Multicriterial_para_Escolha_Modal_Sub_Modal_de_Transporte Acesso em: nov.2020.

GUERESCHI J. S. Logística de transporte: a importância dos custos logísticos AJM Transporte Ltda. 52p. Monografia – Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium – Unisalesiano, 2012.

HALLMANN, R. Modais de Transporte e sua importância no processo logístico. Disponível em: https://administradores.com.br/artigos/modais-de-transporte-e-sua-importancia-no-processo-logistico Acesso em: jun. 2020

KAUFMANN G. O. Transporte aéreo de carga: analise do setor e das tecnologias usadas. 84p. Trabalho de Conclusão de Curso- Universidade de Brasília, 2009.

LORANDI, J. A., BERTAN, R. V., FERREIRA, L. F. Custo logístico na importação: uma análise comparativa entre modais de transporte. In: XXVII Congresso Brasileiro de Custos. 2020, São Leopoldo. Anais... São Leopoldo, RS, 2020. Disponível em https://anaiscbc.emnuvens.com.br/anais/article/download/596/596 Acesso em: nov.2020.

MAGNO, L., ROSSI, T. A., MENDONÇA-LIMA, F. W., SANTOS, C. C., CAMPOS, G. B., MARQUES, L. M., PEREIRA, M., PRADO, N. M. B. L., DOURADO, I. (2020). Desafios e propostas para ampliação da testagem e diagnóstico para COVID-19 no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva. 25(9), pp. 3355-3364. Disponível em https://doi.org/10.1590/1413-81232020259.17812020 Acesso em: nov.2020.

MIGUEL, F. V. C. A Entrevista como instrumento para investigação em pesquisas qualitativas no campo da linguística aplicada. Revista Odisseia. Rio Grande do Norte: ISSN 1983 - 2435, n ° 5, jan.- jun., 2010.

NEDER, V. Pandemia mostrou alto custo de importação no País. Disponível em: <https://economia.uol.com.br/noticias/estadao-conteudo/2020/04/20/pandemia-mostrou-alto-custo-de-importacao-no-pais.htm> Acesso em 19 de jun. 2020

OLIVEIRA, W. K., DUARTE, E., FRANÇA, G. V. A., GARCIA, L. P. (2020). Como o Brasil pode deter a COVID-19. Epidemiologia e Serviços de Saúde. 29(2). Disponível em http://dx.doi.org/10.5123/s1679-49742020000200023 Acesso em: nov.2020.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Painel WHO do Corona Virus desease. Disponível em:< https://covid19.who.int/table> acesso em 16 de out. 2020

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DE SAÚDE. Folha informativa – Covid-19. Disponível em https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6101:covid19&Itemid=875 Acesso em: jun.2020

PADÚA, E. M. M. Método de Pesquisa: abordagem téorico-prática. 10ed. Campinas, 2004.

PÊGO, B. Logística e transportes no brasil: de investimentos 2013-2017 em rodovias e ferrovias. Disponível em http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/7420/1/RP_Log%C3%ADstica_2016.pdf Acesso em: nov.2020.

PETRAMALE, C. A. Testes diagnósticos para a identificação do vírus SARS-CoV-2 e para o diagnóstico da COVID-19. Disponível em https://www.conass.org.br/wp-content/uploads/2020/05/anexo_ci_229_20.pdf Acesso em: jun.2020.

PIOVESAN, A., TEMPORINI, E. R. Pesquisa exploratória: procedimento metodológico para o estudo de fatores humanos no campo da saúde pública. Revista de Saúde Pública [online]. 1995, vol.29, n.4, pp.318-325. Disponível em https://doi.org/10.1590/S0034-89101995000400010 Acesso em: set. 2020

RAMPAZZO, L. Metodologia Científica para alunos dos cursos de graduaçãoe pós-graduação. 3. ed. São Paulo: Loyola, 2005.

VASCONCELOS, Y. Brasil falha em promover testagem em massa. Revista Pesquisa FAPESP. Disponível em https://revistapesquisa.fapesp.br/brasil-falha-em-promover-testagem-em-massa/#:~:text=O%20documento%20aponta%20ainda%20que,em%20pa%C3%ADses%20como%20a%20Coreia Acesso em: nov.2020

VINHOLES, T. Conheça os maiores aviões do mundo. Airway. Disponível em https://www.airway.com.br/os-maiores-avioes-do-mundo-em-comprimento/ Acesso em: nov.2020.

WANKE, P. O papel do transporte na estratégia logística. Disponível em https://www.ilos.com.br/web/o-papel-do-transporte-na-estrategia-logistica/ Acesso em: nov.2020.

Downloads

Publicado

29/10/2021

Como Citar

Fortuoso da Silva, G. A., Oliveira, G. V. da S., & Magalhães, L. S. de M. (2021). Análise das dificuldades da logística do transporte aéreo na importação de testes para o diagnóstico da Covid-19. Refas - Revista Fatec Zona Sul, 8(1), 1–22. Recuperado de https://revistarefas.com.br/RevFATECZS/article/view/476

Edição

Seção

Logística

Métricas