A satisfação no trabalho como antecedente da produtividade no transporte rodoviário de cargas

Guilherme Gândara, Poliano Bastos da Cruz

Resumo


Esta pesquisa teve como objetivo verificar a existência de associação entre a satisfação do motorista e a produtividade da frota de caminhões. A revisão de literatura abordou as avaliações de produtividade como raio médio, tempo de carga e descarga, bem como os dados demográficos dos motoristas e dos equipamentos utilizados. No que tange à pesquisa realizada, utilizou-se neste trabalho uma abordagem quantitativa, descritiva, com corte transversal e com coleta de dados realizada por meio de um questionário com 20 questões da escala MSQ (Minnesota Satisfaction Questionary). O referido questionário foi aplicado através de preenchimento pessoal dos motoristas de caminhão nas frentes de carregamento com um total de 189 respostas válidas. Os resultados obtidos por meio de regressão linear múltipla demonstraram haver correlação entre a satisfação no trabalho do motorista de caminhão com a produtividade da frota. Isso levou a concluir que a satisfação do motorista no trabalho é positivamente correlacionada com a produtividade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Refas - Revista Fatec Zona Sul

Licença Creative Commons CC BY-NC-ND.