Simulação computacional no estudo da densidade e mobilidade em Vanets e suas influências na comunicação

Antonio Cesar Galhardi, Nathan Cirillo e Silva

Resumo


As redes veiculares buscam por meio de suas aplicações oferecer uma melhor segurança, conforto e entretenimento ao condutor e passageiros. A comunicação nessas aplicações é uma tarefa desafiadora, uma vez que esse tipo de rede envolve alta variação de mobilidade e densidade. Embora grande parte das pesquisas citem a influência desses fatores na comunicação interveicular, ainda são poucos os estudos, principalmente no Brasil, que conseguem demonstrá-la de maneira clara e objetiva. Portanto, o objetivo desta pesquisa é identificar a influência da densidade e mobilidade na comunicação interveicular. Para isso, o protocolo de roteamento AODV foi implementado no cenário   urbano da cidade de Jundiaí por meio dos simuladores “MOVE” e “NS2”. Com base na análise dos resultados, pode-se comprovar essa influência, além de destacar a importância da simulação para a identificação de fatores que comprometem a comunicação. Foram consideradas diferentes quantidades de veículos e velocidades para caracterizar cenários com diferentes graus de densidade e mobilidade. Com a simulação, constatou-se a influência da densidade e mobilidade na comunicação entre veículos, por meio das métricas utilizadas: taxa de pacotes enviados, taxa de pacotes recebidos e taxa de colisão de pacotes. A importância da simulação na identificação de fatores que comprometem a comunicação, podendo servir de base para o desenvolvimento de protocolos mais eficientes e adaptáveis aos diversos tipos de cenários existentes.


Texto completo:

PDF

Referências


ANWER, M.; GUY, C. A Survey of VANET Technologies. Journal of Emerging Trends in Computing and Information Sciences, n.9, p.661-671, 2014.

CAMPISTA, M.; RUBINSTEIN, M. Advanced Routing Protocols for Wireless Networks. USA: Wiley, 2014. FADDA, M.; MURRONI, M.; POPESCU, V. IEEE Transactions on Vehicular Technology, 2015.

GHANDI, M.; GUPTA, A. Simulation Tools in Vehicular Adhoc Network: A Challenge. International Journal of Advanced Research in Computer Science and Software Engineering, v.5, n.4, 2015.

HARTENSTEIN, H.; LABERTEAUX, P. VANET Vehicular Applications and Inter-Networking Technologies. UK: Wiley, 2010.

HELD, G. Inter and Intra Vehicle Communications. USA: Auerbach Publications, 2008. ISSARIYAKUL, T.; HOSSAIN, E. Introduction to Network Simulator NS2. USA: Springer, 2009.

LÈBRE, M.; et al. VANET Applications: Hot Use Cases. Centre of Innovation in Telecommunications and Integration of Services, 2014.

NEMA, M.; STALIN, S.; LOKHANDE, V. Analysis of Attacks and Challenges in VANET. International Journal of Emerging Technology and Advanced Engineering, v.4, n.7, 2014.

POPESCU-ZELETIN, R.; RADUSCH, I., RIGANI, M. Vehicular-2-X Communication. Germany: Springer, 2010.

RAVI, K.; PRAVEEN, K. AODV Routing in VANET for Message Authentication Using ECDSA. International Conference on Communication and Signal Processing, 2014.

SAHASRABUDHE, M.; CHAWLA, M. Survey of Applications based on Vehicular Ad-Hoc Network (VANET) Framework. International Journal of Computer Science and Information Technologies, v.5, n.3, 2014.

SINGH, S.; AGRAWAL, S. VANET Routing Protocols: Issues and Challenges. Proceedings of RAECS UIET Panjab University Chandigarh, 2014.

SPAHO, E.; et al. Performance Evaluation of OLSR and AODV Protocols in a VANET Crossroad Scenario. International Conference on Advanced Information Networking and Applications, 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.26853/Refas_ISSN-2359-182X_v08n05_01

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Refas - Revista Fatec Zona Sul

Licença Creative Commons CC BY-NC-ND.