Evidenciação de práticas de responsabilidade socioambiental pelas empresas de energia elétrica à luz da NBC T 15

Jerferson Freitas da Silva, Adriana Martins de Oliveira, Antônia Wigna de Almeida Ribeiro

Resumo


Este artigo objetivou analisar a evidenciação de informações socioambientais das empresas de energia elétrica listadas no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), com base na NBC T 15. Dessa forma, realizou-se uma análise documental nos Relatórios de sustentabilidade e Balanços Sociais das empresas, com uma análise descritiva e qualitativa das informações. Dos resultados, depreendeu-se que as empresas evidenciam uma grande quantidade dos itens sugeridos pela norma, sendo que aqueles de cunho positivo são mais evidenciados do que os de cunho negativo. Constatou-se também que nível de evidenciação é predominantemente classificado como “bom” e que os Balanços Sociais compõem um maior número de informações de cunho social, enquanto os Relatórios de Sustentabilidade apresentam uma maior quantidade das informações de cunho ambiental.


Texto completo:

PDF

Referências


AERTS, W.; CORMIER, D. Media legitimacy and corporate environmental communication. Accounting, Organizations and Society, v. 34, p. 1-27. 2009.

BANDEIRA, M. L.; OLIVEIRA, N. L.; NUNES, A. Disclosure social: uma análise sob a ótica da NBC T 15 em empresas de capital aberto. Revista Negócios em Projeção, v.10, n. 1, p. 14-29, 2019.

CARDOSO, V. I. C.; LUCA, M. M. M.; GALLON, A. V. Reputação corporativa e o disclosure socioambiental de empresas brasileiras. Revista Contabilidade, Gestão e Governança, v. 17, n. 2, p. 26-44, 2014.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. Resolução CFC nº 1.003/2004. Aprova a NBC T 15 – Informações de natureza social e ambiental. 2004. Disponível em: https://www2.cfc.org.br/sisweb/sre/detalhes_sre.aspx?Codigo=2004/001003&arquivo=Res_1003.doc.

CORREIA, J. J. A.; SILVA, F. E. A.; RODRIGUES, N. R. Evidenciação socioambiental de empresas siderúrgicas brasileiras entre 2011 e 2015: análise dos relatórios financeiros e de sustentabilidade. Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, v. 4, n. 8, p. 327-341, 2017.

DIAS, C. P. et al. Evidenciação de informações socioambientais, teoria da legitimidade e isomorfismo: um estudo com mineradoras brasileiras. Revista de Gestão e Contabilidade da UFPI, v. 1, n. 1, p. 100-118, 2014.

FARIA, A. C.; PEREIRA, R. Análise da evidenciação de informações socioambientais por empresas do seguimento de papel e celulose no Brasil, a partir da NBC T 15. In: XVI Congresso Brasileiro de Custos, Fortaleza: Associação Brasileira de Custos. Anais [...]. Fortaleza, 2009.

FONSECA, F. A. P. B.; ALMEIDA, K. K. N.; FRANÇA, R. D. Evidenciação de informações ambientais em empresas do segmento de utilidade pública listadas na BM&Fbovespa: um estudo sobre a evolução na divulgação dessas informações. Revista de Administração, Contabilidade e Sustentabilidade, v. 2, n. 3, p. 58-68, 2012.

FELIX JÚNIOR, L. A. F et al. Divulgação de informações sobre recursos humanos e os fatores que influenciam sua evidenciação voluntária nos relatórios de administração. Enfoque: Reflexão Contábil, v. 37, n. 1, p. 129-146, 2018.

KRESPI, N. T. et al. Evidenciação de informações ambientais: análise sob o aspecto do balanço social de empresas listadas no ISE. Custos e Agronegócio Online, v. 1, n. 4, p. 147-170, 2012.

KRUGER, S. D; SCHUSSLER, A. M.; ALBERTON. L. Evidenciação de Informações Sociais e Ambientais. In: Seminários em Administração-XIV Semead. São Paulo. Anais [...]. São Paulo, 2011.

LINS, L. S.; SILVA, R. N. S. Responsabilidade sócio-ambiental ou greenwash: uma avaliação com base nos relatórios de sustentabilidade ambiental. Revista Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 4, n. 1, p. 91-105, 2009.

LOPES, A. C. et al. Disclosure socioambiental, reputação corporativa e criação de valor nas empresas listadas na BM&Fbovespa. Revista Ambiente Contábil, v. 9, n. 1, p. 364-382, 2017.

LOS, G. Z. Evidenciação socioambiental: um estudo nas empresas listadas no índice de sustentabilidade empresarial (ISE) da BM&Fbovespa. (Mestrado em Ciências Contábeis) -Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2014.

MAÇAMBANNI, T. A. et al. Evidenciação socioambiental: uma análise do balanço social de empresas do setor de energia elétrica que atuam nas regiões sul e nordeste do Brasil. Revista Gestão Socioambiental e Sustentabilidade, v. 2, n. 1, p. 123-142, 2013.

MAPURUNG, P. V. R.; LIMA, B. C. C.; HOLANDA, A. P. Disclosure social e isomorfismo nas empresas listadas no índice de sustentabilidade empresarial. Revista de Administração da UFSM, v. 8, n. 2, p. 267-281, 2015.

MELLO, C. G. G.; HOLLNAGEL, H. C.; CEI, N. G. Evidenciação ambiental segundo a NBC T 15: uma análise de energia elétrica de 2006 a 2014. Redeca, v.3, n. 2, p. 93-109, 2016.

NOSSA, V. Disclosure ambiental: uma análise do conteúdo dos relatórios ambientais do setor de papel e celulose em nível internacional. 2002. 249 f. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Universidade de São Paulo: USP, São Paulo, 2002.

PEREIRA, F. E.; LUZ, J. R. M.; CARVALHO, J. R. M. Evidenciação das informações ambientais das empresas do setor de energia elétrica do brasil. Revista Evidenciação Contábil e Finanças, v. 3, n. 2, p. 60-72, 2015.

PRODANOV, C. C. FREITAS, E. C. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2ª ed. Novo Hamburgo: Freevale, 2013.

RAHAMANA, A.S.; LAWRENCE, S.; ROPER, J. Social and environmental reporting at the VRA: institutionalised legitimacy or legitimation crisis? Critical Perspectives on Accounting, v. 15, n. 1, p. 35-56, 2004.

ROCHA, M. R. et al. O Balanço Social como instrumento de evidências de práticas ambientais: um estudo empírico na indústria de refrigerantes de Porto Velho. In: Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente, São Paulo. Anais [...]. São Paulo, 2016.

ROSA, F. S. et al. Gestão da evidenciação ambiental: um estudo sobre as potencialidades e oportunidades do tema. Engenharia Sanitária Ambiental, v. 16, n. 1, p. 157-166, 2011.

ROVER, S.; TOMAZZIA, E. C.; MURCIA, F. D.; BORBA, J. A. Explicações para a divulgação voluntária ambiental no Brasil utilizando análise de regressão em painel. Revista de Administração, São Paulo, v.47, n.2, p.217-230, 2012.

SAMPAIO, M. S. et al. Evidenciação de informações socioambientais e isomorfismo: um estudo com mineradoras brasileiras. Revista Universo Contábil, v. 8, n. 1, p. 105-122, 2012.

SILVA, T. B. J.; LIMA FILHO, R. N. A efetividade da missão e a evidenciação da responsabilidade socioambiental: uma análise com organizações do seguimento de papel e celulose. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, v. 31, n.1, p. 4-23, 2014.

SOARES, S. V. et. al. Balanço Social: um estudo de caso de uma empresa do ramo de energia elétrica. In: V CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO, Niterói: UFF. Anais [...]. Niteroi, 2009.

VIANA JUNIOR, D. B. C.; CRISÓSTOMO, V. L. Nível de disclosure socioambiental: uma análise comparativa entre empresas brasileiras de acordo com o potencial de agressão ao meio ambiente. Revista de Administração da UFSM, v. 10, p. 79-99, 2017.

VIEIRA, M. T.; FARIA, A. C. Aplicação da NBC T 15 por empresas dos segmentos de bebidas e alimentos: uma pesquisa documental. Revista Universo Contábil, v.3, n.1, p. 49-69, 2007.

ZARO, E. S.; PASTRE, F.; ALBERTON, L. Asseguração dos relatórios de sustentabilidade das empresas que compõem a carteira do índice de sustentabilidade empresarial 2013. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ, v. 20, n. 1, p. 47-63, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Refas - Revista Fatec Zona Sul

Licença Creative Commons CC BY-NC-ND.