Logística reversa e a contabilidade ambiental: um estudo de caso de uma empresa do Grupo Moura

Andreza Moura dos Santos, Brigitte Renata Bezerra de Oliveira, Márcio Sampaio Pimentel

Resumo


O presente estudo teve como objetivo investigar como ocorreu a implantação da logística reversa (LR) em uma empresa Distribuidora do Grupo Moura, localizada em Pernambuco. A metodologia utilizada, sob o ponto de vista de seus objetivos, classifica-se como descritiva-exploratória, de natureza qualitativa. Em relação aos procedimentos técnicos, classifica-se como um estudo de caso. Quanto à técnica de investigação para a coleta de dados, trata-se de uma pesquisa documental, com a aplicação de um questionário aberto, composto por 22 questões específicas sobre o tema. Relativo à técnica de análise, optou-se pela análise de conteúdo. A triangulação das informações foi realizada por meio da comparação dos questionários, documentos institucionais e por meio da observação não participativa. Pelos resultados, identificou-se que no início da operação, há 13 anos, diversas dificuldades foram detectadas, como a resistência dos clientes e colaboradores internos quanto à sua implantação e rotinas, necessidade de novos investimentos na parte de infraestrutura e adequação à legislação ambiental. Observou-se que a implantação da LR representou ganhos financeiros e um diferencial competitivo para a empresa, que atualmente se destaca como líder no mercado. A LR relaciona-se diretamente com a Contabilidade Ambiental e gera diversos valores para as empresas que a implementam, tais como: econômico, social e ambiental. Juntas, fortalecem a conscientização ambiental e proporcionam maior nível de detalhamento das informações, contribuindo para a tomada das decisões.


Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, A. C. P. de. Como comercializar créditos de carbono. São Paulo: Trevisan Editora Universitária. 5 ed. 2007.

ARAÚJO, S. M. V. G. de; JURAS, I. da A. G. M. Comentários à lei dos resíduos sólidos: lei n.º 12.305, de 2 de agosto de 2010 (e seu regulamento). São Paulo: Editora Pillares.

BARROS, C. A. P.; NASCIMENTO, L. A.; OLIVEIRA, R. de C.; PRESTUPA, A. N. L. A contribuição da logística reversa para redução dos custos e do impacto ambiental. Revista Ciências Gerenciais em Foco, n.1, 2013.

BATERIAS MOURA. Site. 2018. Disponível em: . Acesso em: 02 out. 2018.

BATISTA, K. R.; MELO, J. F. M. de.; CARVALHO, J. R. M. de. Evidenciação dos itens ambientais nas empresas do setor de mineração de metálicos cadastradas na BM&FBOVESPA. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade – GeAS, v. 5, n. 1, 2016.

BIAZZI, L. F. de. Logística reversa: o que é realmente e como é gerenciada. São Paulo: USP, 2002.

BRASIL. MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. LEI n.º 12.305 de 02 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. 2010. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12305.htm. Acesso em: 01 ago 2018.

CAMPOS, J. K.; SOARES, M. T. C. Aplicação da logística reversa no processo de coleta seletiva da Prefeitura Municipal de Vitória – ES. XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção. 2011.

CERQUEIRA, A. E. F. de.; FERNANDES, J. L. Abordagens sobre logística reversa: conceitos, aplicação e sustentabilidade. Projectus, Rio de Janeiro, v. 2, n. 1, 2017.

CHIZZOTTI, A. Pesquisa em ciências humanas e sociais. São Paulo: Cortez, 1991.

CHRIST, K. L.; BURRITT, R. L. Environmental management accounting: the significance of contingent variables for adoption. Journal of Cleaner Production, 2013.

CINTRA, Y. C. A integração da sustentabilidade às práticas de controle gerencial das empresas no Brasil. 200 f. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Departamento de Contabilidade e Atuária, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

CONCEIÇÃO, F.; FINHANI, G.; ALONSO JUNIOR, N.; ALONSO, V. L. C. Contabilidade Ambiental. XI Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, 2014.

COELHO, A. S.; FIDELIS, J,; ZITTA, M. R.; ALVES, O. F. Contribuição da logística reversa para a sustentabilidade no mercado atual. Revista Livre de Sustentabilidade e Empreendedorismo, v. 3, n. 1, 2018.

CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. tradução Luciana de Oliveira da Rocha. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

ELKINGTON, J. Sustentabilidade: canibais com garfo e faca. São Paulo: M.Books do Brasil, 2012.

FLEISCHMANN, M.; NUNEN, J. V.; GRÄVE, B. GAPP, R,. Reverse Logistics – Capturing Value in the Extended Supply Chain. 2003.

FRAGALLI, A. C.; PEREIRA, M. F. A prática da logística reversa na diminuição do impacto ambiental causado pelos resíduos sólidos. XXIII Congresso Brasileiro de Custos – Porto de Galinhas, PE, Brasil, 2016.

GUARNIERI, P. Logística reversa: em busca do equilíbrio econômico ambiental. Recife: Clube de autores, 2011.

GUARNIERI, P.; HASS, D.; MONTEIRO, G. A mensuração dos efeitos financeiros e econômicos da logística reversa pela contabilidade ambiental. Disponível em: https://www.uninter.com/revistameioambiente/index.php/meioAmbiente/article/download/230/118. Acesso em: 20 jul 2019.

GUARNIERI, P.; KOVALESKI, J. L.; STADLER, C. C.; OLIVEIRA, I. L. A caracterização da logística reversa no ambiente empresarial em suas áreas de atuação: pós-venda e pós-consumo – agregando valor econômico e legal. Tecnologia e Humanismo, Curitiba, v. 19, n. 1, 2005.

GUINDANI, R. A. Logística reversa: uma análise das empresas no Brasil. X Congresso Nacional de Excelência em Gestão. 2014.

JURAS, I. da A. G. M. Legislação sobre resíduos sólidos: comparação com a lei n.º 12.305/2010 com a legislação de países desenvolvidos. Biblioteca Digital da Câmara dos Deputados. Brasília, 2012.

HERNÁDEZ, C. T.; MARINS, F. A. S.; CASTRO, R. C. A logística reversa e a responsabilidade social corporativa: influência nos indicadores de desempenho empresarial. Anais do XIV SIMPEP, p. 6 - 8, Brasil, 2007.

KARKOTLI, G.; ARAGÃO, S. D. Responsabilidade social: uma contribuição à gestão transformadora das organizações. 4. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2010.

LACERDA, L. Logística reversa: uma visão sobre os conceitos básicos e as práticas operacionais. 2009.

LEITE, P. R. Logística reversa: meio ambiente e competitividade. 2 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.

LINDEN, D. Handbook of Batteries. Second Edition. USA. Editora: MacGraw-Hill. 1994.

MAGALHÃES, A. P. de S. Logística reversa de eletrodomésticos da linha branca: processo de escolha pelo método de análise hierárquica (AHP). 2011. Dissertação (Programa de Pós-graduação em Engenharia de Transportes – Escola Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo.

MENDES, G. S.; THEIS, V.; FAGUNDES, C.; SCHREIBER, D.; SILVA, M. O. da. Logística reversa: um estudo em uma indústria de artefatos plásticos. ENGEMA – Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente. 2016.

NAUJACK, J.; FERREIRA, J. L.; STELA, E. R. Contabilidade ambiental: uma revisão de conceitos. VII ENPPEX, 2011.

OLIVEIRA, A. R. de.; SANTOS, C. T. dos.; PAULISTA, P. H. A impostância da logística reversa e sustentabilidade empresarial. VII Congresso de Iniciação Científica da FEPI, 2016.

PIRES, N. Modelo para logistica reversa dos bens de pós-consumo em um ambiente de cadeia de suprimentos. 2007. Tese (Programa de Pós-Gradução em Engenharia de Produção) – Universidade Federal de Santa Catarina.

POKHAREL, S.; MUTHA, A. Perspectives in reverse logistics: A review. Resources, Conservation and Recycling, v. 53, n. 4, 2009.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico]: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013

RAVI, V.; SHANKAR, R. Analysis of interactions among the barriers of reverse logistics. Department of Management Studies, Indian Institute of Technology Delhi, Hauz Khas, New Delhi, India. 2004.

ROSA, F. P. da.; MAAHS, T. R. Logística reversa: uma alternativa para redução de custos e impactos ambientais das organizações. Revista ESPACIOS, v. 37, n. 27, 2016.

RUI, C.; BERNARDI, F. C.; ROCHA, J. M. de; CAMARGO, M. E. Motivos estratégicos, fatores e vantagens que conduzem as empresas à logística reversa: um estudo de caso. 2010.

SÁ, A. L. de. Progresso no Campo da Contabilidade Aplicada aos Fatos do Ambiente Natural. Revista Pensar Contábil (Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Rio de Janeiro). Rio de Janeiro: n.17, p 4-8, 2002.

SHIBAO, F. Y.; MOORI, R. G.; SANTOS, M. R. dos. A logística reversa e a sustentabilidade empresarial. XIII SEMEAD Seminários em Administração. 2010.

SILVA, G. H. S. da; LEITE, C. E.; DECHANDT, S. G. Logística reversa: uma comparação de sua utilização no Brasil e na Suíça. SEGET XI Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia. 2014.

SOUZA, V. de.; KONRAD, O.; GONÇALVES JUNIOR, A. C.; SOUSA, R. F. B. de. Contaminação por chumbo, riscos, limites legais e alternativas de remediação. Revista Destaques Acadêmicos, CETEC/UNIVAY+TES, v. 7, n. 4, 2015.

TINOCO, J. E. P.; KRAEMER, M. E. P. Contabilidade e Gestão Ambiental. São Paulo: Atlas, 2013.

VIEIRA, H. F. Gestão de estoques e operações industriais. Curitiba: IESDE, 2009.

WILLE, M. M.; BORN, J. C. Logística reversa: conceitos, legislação e sistema de custeio aplicado. 2013. Disponível em: Acesso em: 03 ago 2018.

WILSON, D.N. Beyond Batteries: Other Trends in the Demand for Lead. Journal of the Minerals, Metals & Materials Society. v. 58, n. 10, 2006.

ZIMERMANN, R. A.; GRAEML, A. R. Logística reversa – conceitos e componentes do sistema. Estudo de caso: Teletex Computadores e Sistemas. XXII ENEGEP. Outro Preto. 2003.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Refas - Revista Fatec Zona Sul

Licença Creative Commons CC BY-NC-ND.