Câncer de mama e sistemas de detecção e diagnóstico: análise dos sistemas CAD para mamografias

Nicole Cristina Souza Caetano, Jeferson Cerqueira Dias, Jônatas Cerqueira Dias

Resumo


O câncer de mama se torna cada vez mais comum no Brasil e no mundo. Atualmente, mais de 1,6 milhão de mulheres morrem a cada ano por causa da doença. Uma das maneiras de detectar tumores não palpáveis que causam câncer de mama é realizar a radiografia de mama (ou mamografia). A mamografia é atualmente a melhor técnica para a detecção precoce de lesões não palpáveis na mama, com grandes chances de ser um câncer curável. Sabe-se que as chances de cura do câncer de mama são relativamente altas se detectadas nos estágios iniciais. No entanto, a sensibilidade desse exame pode variar muito, devido a fatores como a qualidade do exame ou a experiência do especialista. Dessa forma, o uso de sistemas de Diagnóstico Assistida por Computador (CAD) contribuiu para aumentar as chances de detecção e diagnóstico corretos. Os sistemas CAD melhoraram a acuidade diagnóstica e a consistência da interpretação das imagens radiológicas, isso com base no processamento de imagens. Um sistema CAD mamográfico busca detectar lesões não identificadas pelo radiologista e atuar como a opinião de um segundo especialista. Esta pesquisa bibliográfica exploratória apresenta um estudo sobre as abordagens técnicas para identificação precoce em exames de rastreamento do câncer de mama, incluindo os sistemas CAD.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Refas - Revista Fatec Zona Sul

Licença Creative Commons CC BY-NC-ND.